"Como ouvirão se ninguém se dispõe a ir?"

Sabe aqueles amigos, colegas de turma, professores ou a galera que você vê andando pelo campus? Em algum determinado momento você parou pra pensar que é exatamente essas pessoas que Deus te chamou pra alcançar? A Camila Paes contou como conheceu o AeO e sobre a missão que Deus colocou em seu coração de iniciar o movimento na FEUC e ir até aqueles que precisam ouvir.
“Sabe aquele momento em que você sente Deus te direcionado para fazer algo? Assim eu me senti em junho de 2012, quando percebi que iria estudar na FEUC.
Conheci o Alfa e Ômega quando fui no Retiro da Rural, em abril de 2012. Deus falou profundamente ao meu coração durante aqueles dias, o que me deixou com a mais plena certeza de que onde quer que eu estivesse estudando, eu precisaria fazer a diferença de alguma forma. E assim decidi servir ao Senhor no Alfa e Ômega. Com a ajuda da Raquel Abiraude, a líder do movimento do AeO da Rural na época, eu comecei liderando o movimento na FEUC em agosto de 2012, quando entrei pro curso de História. Naquela época começamos a fazer as nossas atividades com cinco cristãos: fizemos evangelismos, quebra-gelos e tudo baseado em muita oração. O tempo foi passando e, observando a faculdade, descobrimos um outro grupo de cristãos de diferentes denominações que se reuniam. Começamos a visitá-los em suas reuniões, fizemos amizades e vimos que tínhamos muitos objetivos em comum e resolvemos nos unir. O movimento Alfa e Ômega da FEUC cresceu, para glória de Deus.
Temos visto o cuidado Dele em cada detalhe, sentido o seu amor, visto sua provisão. E pudemos ver isso também através de um presente que o Senhor nos deu. Recentemente ganhamos um violão, o que nos deixou muito felizes, porque não tínhamos e isso dificultava no planejamento de nossas atividades, já que não poderíamos fazer nada muito diferente que tivesse música. Esse era um sonho antigo que tínhamos. Conversamos muito com Deus sobre ter o instrumento e, graças à Ele, recebemos.
O tempo dos nossos QG’s é bem curto. Temos somente 10 minutos, que acabam sempre se estendendo pra 20 minutos, que é no horário do intervalo do período da noite. Temos feito evangelismos e estaremos dando início aos novos discipulados. Isso tudo tem proporcionado frutos maravilhosos, novos cristãos que tem feito a diferença por onde passam. Entre aqueles que vão com freqüência e aqueles que vão de vez em quando, por conta do tempo, hoje estão com a gente 12 cristãos empolgados, totalmente animados e felizes com o movimento. Eu, a Pâmela e a Débora (as duas do sexto período de pedagogia), estamos recebendo treinamento no Fórum de Treinamento do AeÔ, que tem sido maravilhoso e tem acrescentado bastante no movimento. Com tudo isso, podemos ver o quanto já crescemos com o Senhor e vemos os avanços.
São muitas as novidades, muitos os planejamentos que estamos fazendo, muitos os desafios mas, com tudo isso que já passamos, temos aprendido a depender exclusivamente do Senhor e a confiar nEle acima de todas as coisas, crendo sempre no que diz em Tiago 5:16, quando diz que “a oração de um justo pode muito em seus efeitos”. Até aqui o Senhor tem nos direcionado e pra nós é um grande privilégio participar de uma obra que não é nossa mas que pertence ao Senhor, onde nós somos apenas instrumentos. Ser cristã nesse mundo é viver a maior e melhor de todas as aventuras. Viver isso na faculdade é maravilhoso, é prioridade pra mim. Ouvir de alguém em um evangelismo: “sim, eu quero fazer essa oração, eu quero Jesus”, não tem preço!
Quero aproveitar esse momento e fazer um pedido, orem pelo movimento da FEUC sempre que lembrarem. Que Deus possa continuar usando as nossas vidas para a glória dEle.
Camila Paes – Estudante de História na FEUC e AlfaOmeguense desde 2012
Este texto foi feito anteriormente à mudança de nome, de Movimento Estudantil Alfa e Ômega para Cru Campus, realizada em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *