A OUSADIA DA UERJ

Deus vai além de nossas expectativas. Passara-se do início do 2º semestre de 2014 na UERJ e enquanto esperávamos a autorização da Prefeitura do campus, nos reuníamos em oração para a Semana do Estudante (Recepção de calouros) que aconteceria em nossa universidade.


Surpreendentemente, pela primeira vez conseguíamos permissão de realizar um evento no hall de entrada da UERJ, depois de inúmeras tentativas nos semestres passados e de muita espera nos últimos dias. Então, nos preparamos para a Semana. Convocamos todos do movimento para a confecção dos materiais para a Semana.

Foram 4 dias que nos reunimos para a decoração do evento e a montagem dos kits que entregaríamos aos estudantes. Seriam entregues kits especiais para os calouros, contendo o livro “Mais que um carpinteiro” (Josh e Sean McDowell), alguns doces, um informativo sobre a UERJ e uma breve apresentação do movimento. 

E havia um outro tipo de kits, com doces, o informativo e a apresentação para os outros estudantes e os trabalhadores e os visitantes da UERJ.

 Conforme a autorização da Prefeitura, a Semana do Estudante se realizaria nos dias 23 e 24 de Outubro. Estávamos bastante felizes. Mas não contávamos que, por causa de uma mudança de data de feriado e uma paralização docente na universidade, a Semana fosse adiada para a semana seguinte, nos dias 29 e 30.

 Entretanto, não imaginávamos o que Deus preparava para nós. Enfim chegou o dia da Semana, e nos deparamos com alguns problemas, como, por exemplo, o lugar em que nos posicionaríamos estava ocupado. Mas conseguimos um espaço melhor, estratégico, próximo às máquinas de carregamento do cartão universitário (utilizado para o serviço do restaurante universitário).

Este espaço sempre se encontra cheio de pessoas, além da presença das máquinas, também é o caminho para a entrada da UERJ pelas estações de metrô e de trem. E isto somado à disposição daqueles que participaram da Semana proporcionou um alcance maior que esperávamos. Nossas expectativas romperam-se, e o que Deus preparou nos surpreendeu.
Deixo dois depoimentos que sintetizam o que foi a Semana do Estudante para a universidade e para o movimento Alfa e Ômega:
“Só queria dizer que a recepção de vocês foi show! Algo bem mais gentil e “acalourado” do que a UERJ faz. Vocês estão de parabéns!” (Depoimento de um calouro)
“Galera, esses dois dias de recepção foram muito bons, muito edificantes, muito divertidos, mas também trazem muitos desafios… Temos que orar e orar muito! Pelas pessoas abordadas, para que entendam o que falamos, o objetivo do movimento, a mensagem do livro. Temos que orar para que o Espirito de Deus esclareça, convença e faça aquilo que está fora do nosso alcance, muitas sementes foram plantadas, mas ainda eh preciso fazer mais… Temos que pedir que Deus nos capacite a cada dia para nos darmos com os visitantes, principalmente com os não cristãos, “conviver com as diferenças sem abrir mão da Verdade de Cristo”, não só durante as reuniões, mas na sala de aula, no bandejão, nos corredores. Vamos cuidar do nosso testemunho, somos exemplo. Muitas coisas poderão se levantar pra impedir que Deus faça sua obra através de nós na UERJ, mas se Cristo está na frente de tudo, então nada pode nos parar! Tamo junto, Alfa e Ômega!” (Depoimento de um alfaomeguense)

 

 

 
Kemuel Sant’Ana

 

AlfaOmeguense e Estudante de Letras na UERJ
Este texto foi feito anteriormente à mudança de nome, de Movimento Estudantil Alfa e Ômega para Cru Campus, realizada em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *