Dia 24. Minhas legítimas preocupações…

         Quando era criança eu tinha muitas preocupações: que brinquedo ganharia no aniversário, a continuação do meu desenho preferido, se tiraria as rodinhas da bicicletinha, e por aí vai.
 
         Quando me tornei adolescente, as preocupações mudaram, mas ainda eram importantes para mim: Seria aceito nos novos grupos sociais? Conseguiria comprar a roupa que todo mundo estava usando? Eram verdadeiras questões existenciais.
 
         Quando me tornei adulto cheguei na universidade e me deparei com novas preocupações: A vida acadêmica ia bem? O CR continuaria lá em cima? Como seria a vida profissional depois de formado? Pois esse tempo também passou.
 
         Hoje eu continuo com muitas preocupações, e as julgo bem mais sérias que as de épocas anteriores. Mas, ao olhar para trás, enxergo como as preocupações passadas se mostravam também essenciais e importantes, mesmo que hoje pareçam corriqueiras e até mesmo desnecessárias.
 
         Olhando para minhas preocupações juvenis, fico imaginando como o Deus Eterno enxerga minhas preocupações atuais diante de seu incalculável poder…
 
         Fato é que, não importa em qual fase da vida estamos, sempre seremos como aquela criança que precisa recorrer ao pai para ter suas ansiedades sanadas e suas necessidades supridas. Exatamente por isso, o Todo Poderoso nos exorta a priorizar a busca pelo Seu Reino e depositar diante Dele todas as nossas ansiedades, certos de que Ele está cuidando de nós.
 

 

         Como uma criança, precisamos reconhecer nossa total incapacidade de resolver os próprios problemas e, em vez de nos preocupar demasiadamente com nosso futuro, priorizar a busca pelo Reino de Deus e sua Justiça e, assim (só assim), ver as demais coisas em nossas vidas serem acrescentadas.
 
 
Marcos Arão é formado em psicologia pela Pontificia Universidade Católica do Rio de Janeiro e atua como missionário da Cru Campus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *