A incrível relação entre uma cadeira bem feita e sua vocação universitária

Por Wesley Cunha*      Recentemente eu ouvi alguém dizer que, no período da Reforma, quando alguém queria saber se um carpinteiro era cristão, tomava-se uma cadeira fabricada por ele, olhava-se na parte de baixo do assento (onde ninguém vê) e verificava-se ali o acabamento. Se estivesse com a mesma qualidade do restante da peça,[…]